Rory Kinnear

Rory Kinnear

Tanner

Rory Kinnear estudou Inglês na Balliol College em Oxford antes de ir estudar teatro na London Academy of Music and Dramatic Art (LAMDA), onde se formou em 2001. Kinnear é conhecido pelo seu longo currículo em teatro, onde se incluem grandes performances aclamadas pela critica, tais como os seus papeis de Sir Fopling Flutter em “The Man Of Mode” (pelo qual venceu um Oliver Award), Pyotr em “Philistines” (onde venceu um Ian Charleson Award), Hamlet em “Hamlet” (onde venceu o prémio de melhor ator do Evening Standard) e Iago em “Othelo” (onde venceu os prémios de melhor ator do Evening Standard e do Olivier). Todas estas peças estiveram em cena no The National Theatre.
Após dedicar-se à escrita, Kinnear venceu o Critics Circle Award pela sua estreia enquanto argumentista, na peça “The Herd”, no Bush Theatre.
Kinnear tornou-se presença regular também nos ecrãs de televisão, participando recentemente em alguns dramas ousados: “Southcliffe”, Penny Dreadful”, Black Mirror”, “Lucan” e “The Casual Vacancy”. Em cinema, Kinnear participou mais recentemente nas comédias “Assim é Complicado” e “Cuban Fury“, tendo ainda marcado presença no filme aclamado pela critica “O Jogo da Imitação”, no papel de Detetive Nock. Kinnear venceu um British Independent Film Award pelo seu papel no filme de Rufus Norris, “Broken“. Esta é a terceira vez que Kinnear interpreta o papel de Bill Tanner, tendo já interpretado este papel em 007: Quantum of Solace e 007: Skyfall.